domingo, 20 de fevereiro de 2011

A Câmara Municipal de Belém realizou sessão especial, nesta sexta-feira (18), para tratar dos alagamentos provocados pelas fortes chuvas e acúmulo de lixo e entulho nos canais e bueiros da cidade. Os moradores que compareceram ao legislativo municipal falaram sobre as obras de Macrodrenagem da Bacia do Una, realizadas pelo Governo do Estado, em 2004, e cuja manutenção, agora, compete à Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan).

A Sesan faz regularmente a manutenção dos canais que compõem a Bacia do Una. Recentemente, foram limpos os canais da 3 de Maio e da Antônio Baena. Neste sábado (19), a secretaria concluirá a limpeza do canal da Pirajá. Na sequência, os trabalhos serão executados no canal da Visconde de Inhaúma. Os demais canais serão limpos seguindo o cronograma de serviços da Sesan, que também realiza a coleta de entulho e a roçagem de mato nessas áreas.

Paralelo a essa ação, a Sesan prossegue com a "Operação Inverno", iniciada na segunda quinzena de setembro de 2010. A secretária municipal de saneamento, Pilar Nogueira, pede a colaboração da população para que, em parceria com o poder público municipal, ajude a manter a cidade limpa. "Lixo e entulho jogados nas ruas vão parar nos canais e bueiros, contribuindo, assim, para a ocorrência de alagamentos. Portanto, e para manter a cidade limpa, é de fundamental importância a colaboração dos moradores. Sem essa parceria, as ações da Prefeitura de Belém, por meio da Sesan", diz a titular da Sesan.

Com os trabalhos já foram retiradas mais de 32 mil toneladas de resíduos de canais, valas e bueiros, tais como lama, entulho, lixo, carcaças de geladeira, sofás, telefones públicos, aros de bicicleta, animais mortos e sucatas de carros. Também foi feita a limpeza manual dos canais da Bernardo Sayão, Caripunas 1 e 2, Três de Maio, Antônio Nunes, Caraparu, Marte, Timbiras, Ana Deusa, Quintino, Nina Ribeiro, Lago Verde,  Parque Vitória, Mário Cardoso, Generalíssimo e Tucunduba.

Já a dragagem, realizada com o uso de equipamentos, que retiram a lama, aprofundando o leito dos canais, já ocorreu nos canais Leal Martins, Vileta, Timbó, Angustura, União e Santa Cruz, Cipriano, Bernardo Sayão e Gentil. Os trabalhos, agora, estão sendo feitos nos canais Santa Izabel 1, Paracuri e Parque União, em Icoaraci.

Por sua vez, as obras de macrodrenagem da Sub-bacia II, realizadas pela Prefeitura Municipal de Belém, estão em fase avançada e já mudam a cara de vários pontos de Belém. Nos canais da Travessa Quintino Bocaiuva com Roberto Camelier, Generalíssimo entre Caripunas e Fernando Guilhon, e São Miguel entre Doutor Moraes e Generalíssimo (Bacia de acumulação). Em todos estes canais está sendo executada a fundação, com o cravamento de estacas para formatar a estrutura de escoamento. As obras de macrodrenagem na Sub-Bacia II abrangem cerca de 4 quilômetros de canais, que passarão a ter maior capacidade de acumulação e maior velocidade de escoamento, eliminando os alagamentos desta área da cidade.

Nos canais da 14 de Março (entre Mundurucus e Caripunas) e Doutor Moraes (entre Pariquis e Fernando Guilhon), a macrodrenagem já foi concluída, faltando apenas os serviços de acabamento na pavimentação e urbanização das vias que margeiam ambos. Os moradores desses perímetros já reconhecem a mudança na qualidade de vida. Além disso, ações de microdrenagem estão sendo implementadas na Timbiras, Caripunas, Rui Barbosa e Quintino. Essas obras ajudam na captação de água da chuva, otimizando o escoamento até os canais.

As obras de drenagem, urbanização de vias, águas e esgotamento sanitário da Sub-bacia II, na Bacia da Estrada Nova, fazem parte do projeto do Portal da Amazônia. O projeto contempla ainda a macro e a microdrenagem de outros três canais, subdivididos em Bacia I, III e IV, beneficiando direta e indiretamente cerca de 400 mil habitantes.

Com o projeto Portal da Amazônia, Belém ganhará também uma orla com mais de seis quilômetros de extensão (entre o Mangal das Garças e a Universidade Federal do Pará), fundamental para o turismo na cidade, gerando emprego e renda. Na orla serão construídas seis pistas, com largura total de 70 metros, área de passeio, estacionamento e ciclovia. Parte do espaço será reservada para lazer, com quadras de esporte, áreas para ginástica, quiosques e muito mais, nos moldes das orlas construídas em cidades como Recife e Rio de Janeiro. O novo espaço se juntará a outros atrativos turísticos como a Estação das Docas, Casa das Onze Janelas e o Mangal das Garças.

As obras da Sub-Bacia I, na rodovia Bernardo Sayão (entre Veiga Cabral e Fernando Guilhon), são executadas pelo Programa de Recuperação Urbano Ambiental da Bacia da Estrada Nova (Promaben). Na Rua dos Caripunas está sendo concluída a drenagem provisória da rede de água. Com este procedimento, a água que caia no Canal da Caripunas cairá agora no canal da Bernardo Sayão. As obras seguem com a escavação para a montagem das galerias no canal da Caripunas, que quando estiver concluído, conseguirá reter um grande volume de águas pluviais.

O projeto de macrodrenagem da Sub-Bacia I está orçado em US$ 137,5 milhões. Destes, US$ 68,75 milhões serão financiados com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O empréstimo tem um prazo de amortização em 25 anos. As obras da Sub-Bacia II, de acordo com o secretário de urbanismo, estão orçadas em R$ 55 milhões e são financiadas pelo Ministério das Cidades, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento I (PAC 1). Serão executadas obras de recuperação e implantação dos sistemas de drenagem, abastecimento, coleta e disposição de água e construção de vias, além de educação sanitária e ambiental. O projeto abrange os bairros de Batista Campos, Cidade Velha, Condor, Cremação, Guamá, Jurunas, Nazaré e São Brás.

O autônomo Antônio Ferreira é morador da Travessa João Balbi no perímetro com a Rua Nove de Janeiro. Segundo ele, quem vive neste endereço sofre com os alagamentos há anos. “Foi feito o projeto de marcodrenagem, mas, pelo que percebemos, não é feita manutenção adequada, por isso sempre alaga”, disse. A sessão, na Câmara Municipal de Belém, foi presidida pelo vereador Otávio Pinheiro, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Fonte: Por Thiago Melo e Dilson Pimentel / Fotos: Adriano Magalhães

0 comentários :

Postar um comentário

Promoção de Notebooks na Americanas.com

*Atenção: Preço final está no site, pois este itens são promocionais.

de R$ 1.329,99 por R$ 1.149,99
7x de R$ 164,28 sem juros
cartão americanas
cartão americanas.com 1x de R$ 1.034,99

Smartphones

R$ 1.499,00
10x de R$ 149,90 sem juros
cartão americanas
cartão americanas.com 1x de R$ 1.319,12