terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

A senadora Marinor Brito, líder do PSOL no Senado Federal, anunciou nesta-segunda que ingressará com uma representação na Procuradoria Geral da República contra o prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, pelo suposto crime de preconceito quanto a migrante e discriminação.

O prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, visitou nesta segunda-feira, uma área de risco, onde uma mulher e duas crianças morreram soterradas no fim de semana.

Uma moradora desabrigada abordou o prefeito e disse que não poderia sair do local de risco pois não tinha para onde ir. Amazonino reagiu dizendo: "Minha filha, então, morra". Em seguida, o prefeito perguntou a origem da moça. Ao ouvir que ela veio do estado do Pará, disse que "estava tudo explicado".

>> Clique aqui para ver o vídeo

Segundo a senadora, a atitude do prefeito reforça o conceito da sociedade com relação aos migrantes, especialmente as pessoas originárias do estado do Pará, colocando-as em situação de inferioridade em relação aos demais brasileiros.

Em sua defesa, Amazonino afirmou que tudo não passou de um grande mal-entendido.


Fonte: Jornal do Brasil

0 comentários :

Postar um comentário

Promoção de Notebooks na Americanas.com

*Atenção: Preço final está no site, pois este itens são promocionais.

de R$ 1.329,99 por R$ 1.149,99
7x de R$ 164,28 sem juros
cartão americanas
cartão americanas.com 1x de R$ 1.034,99

Smartphones

R$ 1.499,00
10x de R$ 149,90 sem juros
cartão americanas
cartão americanas.com 1x de R$ 1.319,12